Pedir informação

A calvície é um problema que deixa muitas pessoas preocupadas, tanto homens quanto mulheres. Contudo, vamos tratar nesse artigo sobre o transplante capilar feminino, já que é um procedimento que ajuda de forma significativa na recuperação da autoestima das mulheres.

A perda progressiva dos cabelos é causada pela alopecia androgenética, que é mais conhecida como Calvície Hereditária. Embora este problema seja mais comum em homens, ele também afeta muitas mulheres, principalmente por tocar em um dos pontos mais sensíveis da autoestima feminina.

Além da calvície hereditária outro fator que também contribui muito para a queda de cabelo é o Eflúvio Telógeno. As mulheres afetadas por ele, apresentam fios de cabelos enfraquecidos de forma temporária. O implante capilar feminino não é a primeira medida contra esse problema.

Normalmente essa situação acontece depois de uma experiência estressante. Pois uma grande quantidade de folículos, entram em estado de repouso durante esta etapa difícil, o que pode terminar com a queda dos mesmos poucos meses depois do período estressante.

O Eflúvio Telógeno possui outras causas como por exemplo: falta de ferro, enfermidades da tireoide e período de amamentação. Por conseguinte, é importante buscar ajuda de um especialista médico após notar uma queda significativa de cabelos ao pentear. Além disso, quando notar a falta de fios na parte superior do couro cabeludo.

O tratamento médico é dispensável quando o eflúvio não é associado a outras doenças. De fato, a recuperação capilar acontece gradativamente durante o período de dois a quatro meses, ou seja, durante esse tempo nem pensar em transplante capilar feminino.

Alguns tipos de calvície não têm cura, no entanto, o mais importante é buscar por tratamentos que atuem na mitigação da queda dos fios, quando estes costumam ser frequentes. Portanto, se a calvície feminina já não pode ser revertida por outros meios, independentemente de sua causa, as mulheres ainda podem recuperar suas madeixas e a autoestima.

E para isso a solução mais óbvia é o transplante capilar feminino. Se você nunca ouviu falar em implante capilar feminino, nesse artigo você vai conhecer um pouco mais sobre o tema. Assim sendo, vamos saber se este é o mais indicado tratamento para calvície feminina e vai conhecer as principais técnicas disponíveis.

Saiba o que é o implante capilar feminino?

Pedir informação

O transplante capilar feminino é o procedimento cirúrgico no qual folículos capilares (fios de cabelo) são tirados de uma região doadora, onde há maior quantidade de fios e transplantados para uma região onde há carência de fios, a região receptora.

Conheça abaixo algumas técnicas

Técnica FUT para o transplante capilar feminino

Esta técnica chama-se Transplante de Unidade Folicular, original do inglês Follicular Unit Transplantation. Ela funciona basicamente da seguinte forma, primeiramente uma faixa do couro cabeludo é retirada de uma área do couro cabeludo onde os fios se encontram saudáveis e fortes. Em seguida, desta faixa são selecionadas e separadas as unidades foliculares que serão implantados da área receptora.

A parte posterior do couro cabeludo (nuca) é a região chamada de doadora, por que nela normalmente é a parte em que se encontra os fios mais densos. Geralmente, essa área abrange toda parte lateral do couro cabeludo de uma orelha a outra. Nesta região serão feitas incisões superficiais para a extração da tira de couro cabeludo para o implante capilar feminino.

Essa tira costuma ter uma profundidade entre 4mm e 5mm, e comprimento de 28cm a 32cm e deixa uma cicatriz no local como consequência dos cortes. Contudo, com a técnica de sutura tricofítica, a aparência ficará discreta pois os cabelos vão crescer novamente sobre o tecido. Ficando visível apenas com cortes de máquina com pente 2, ou seja, é totalmente imperceptível no caso das mulheres.

Técnica FUE para o transplante capilar feminino

Pedir informação

A Follicular Unit Extraction, ou Extração de Unidades foliculares, é considerada a mais moderna, afinal é uma técnica sem cortes. Usando micro punches, um aparelho cilíndrico de 0,75mm a 0,9mm de diâmetro, o procedimento é feito retirando as unidades a serem transplantadas, uma a uma, da região doadora. Dessa maneira, essa técnica não deixa cicatrizes lineares, ficando apenas marcas muito pequeninas, quase imperceptíveis.

Para o implante capilar feminino, este procedimento usa fios da mesma área de doação da técnica FUT. Podendo usar sem receio fios das regiões próximas da orelha e nuca, já que não se corre o risco de formação de cicatrizes nestes locais.

O fato de ser preciso raspar os fios é encarado como uma desvantagem usando essa técnica, afinal os fios devem ter um comprimento máximo de 2mm. Em conclusão, isso acontece porque os fios precisam obedecer a mesma inclinação da haste pilosa da área doadora, isso se consegue mais facilmente com os fios curtos.

Cirurgia

Para este procedimento é necessário passar por uma bateria de exames. Estes são solicitados para comprovar se sua saúde se encontra em condições adequadas para passar pelo procedimento. Contudo, é preciso consultar o médico especialista para que ele possa lhe avaliar e indicar os exames prévios e o procedimento cirúrgico mais adequado.

Se você pretende encarar um implante capilar feminino, saiba que este procedimento é completamente sem dor e sua duração é de aproximadamente seis horas. O mesmo é realizado sob anestesia local, com ou sem sedação.

É importante tomar os medicamentos prescritos pelo seu médico, nos dias seguintes a cirurgia. Quando o médico autorizar você a voltar a lavar os é importante usar shampoo recomendado por ele, com muito cuidado, especialmente na área receptora.

O transplante capilar feminino é o tratamento mais indicado?

O transplante capilar feminino nem sempre é a melhor opção, por conta de calvície feminina ter suas particularidades em comparação com a masculina. A saber, a diferença consiste no fato de que nas mulheres a queda de cabelo não cai em áreas especificas, mas em toda a extensão do couro cabeludo.

Inclusive a região doadora costuma ser atingida pelo problema quando se trata de alopecia androgenética feminina. Assim sendo, resulta em fios capilares com resistência e estabilidade insuficiente para o implante capilar feminino.

Para garantir um resultado mais eficaz, antes de escolher esse tratamento, consulte um dermatologista para saber se o seu problema pode ser resolvido com tratamentos alternativos. Caso não, precisa verificar se o implante capilar feminino será possível e se apresentará os resultados desejados.

Para o implante de cabelo feminino é muito importante o tratamento clínico antes, durante e após o procedimento.

Como de um modo geral existem várias causas associadas a queda de cabelos em mulheres, além da genética, é preciso preparo prévio a cirurgia. Assim sendo, o tratamento clínico para estabilizar a queda dos cabelos quando houver. Mesmo assim, é necessário prosseguir com o tratamento clínico após a cirurgia, para a obtenção de resultados com melhor qualidade.

Elasticidade do couro cabeludo para o implante de cabelo feminino

Pedir informação

As mulheres tem uma menor elasticidade da área occipital (parte de trás) do couro cabeludo, de onde são removidos os cabelos, em comparação aos homens. Portanto é necessário, e importante, realizar massagens na região antes da cirurgia, para que essa esteja melhores condições no momento da retirada os fios a serem transplantados a área com menor número de fios.

Comprometimento da área doadora

Normalmente as mulheres com perda de cabelo ou calvície em geral apresentam afinamento (ou miniaturização) dos fios nessa área, fazendo com que a densidade (número de fios por centímetro quadrado) na região doadora seja menor. Nessas situações, o número de fios a ser implantado será menor.

Pós-operatório de um transplante de cabelo feminino

Em comparação com os homens a cirurgia em mulheres tendem a ser mais intensas. E algumas mulheres apresentam um pouco de queda de cabelos no primeiro mês após a cirurgia. Trata-se de perda transitória, mas que pode continuar pelo período de até 2 meses do pós-operatório.

Como já explicamos anteriormente, o número de fios a serem transplantados nas mulheres em geral é menor do que a quantidade de fios a serem transplantados em homens. O objetivo é fazer cirurgias mais concentradas, colocando fios e dando densidade por entre os fios de cabelo da área mais prejudicada, de forma bem concentrada, para que se volte a ter liberdade de penteado, principalmente na área do “topete”.

Boas candidatas têm ótimos resultados no transplante capilar

Para aumentar a quantidade de fios implantados as mulheres podem fazer mais de uma sessão, mas cada caso é um caso. Além disso, quanto maior a diferença entre as regiões doadora e receptora em quantidade e densidade de fios, melhor o resultado final da cirurgia.

Contudo, um resultado é muito gratificante para as mulheres, pois isso coloca um novo sorriso nos seus lábios. Assim sendo, mantenha-se com pensamento positivo: Boas candidatas obtêm ótimos resultados.

DÚVIDAS FREQUENTES

Pedir informação

Com as diversas opções de transplante capilar, as dúvidas são comuns e bem frequentes. Para facilitar a sua vida, disponibilizamos respostas para as dúvidas mais comuns em mulheres que desejam que desejam fazer um transplante capilar.

Os resultados do transplante capilar feminino duram quanto tempo?

Os fios transplantados são permanentes. O acompanhamento dos pacientes é importante, pois é preciso cuidar também dos fios não transplantados do paciente para evitar que os mesmos caiam com o passar dos anos. Além disso, evitar que seja necessária outra restauração dos fios de forma precoce.

É possível reduzir testa de uma maneira satisfatória?

Os resultados e efeitos do transplante capilar feminino são geralmente positivos e naturais. Como o cirurgião desenha a linha de acordo com a simetria do rosto do paciente. Além disso, tudo é feito de forma que o procedimento fique harmonioso.

Com o transplante capilar, é possível reduzir a testa e a sensação de entradas já que o preenchimento dos fios é personalizado de modo que as pacientes fiquem satisfeitas. Se você tem testa avantajada pode visitar um médico para avaliar a possibilidade uma implante capilar feminino.

A quantidade dos fios e a densidade das áreas calvas também é uma preocupação nestes tratamentos. Portanto, uma conversa presencial com o médico é muito importante para que ele descreva o passo a passo do procedimento, como o volume de fios serão extraídos e recolocados de forma equilibrada, respeitando as necessidades e vontade do paciente.

Outra pessoa pode fornecer os fios para o implante capilar?

Os transplantes capilares são sempre autólogos, ou seja, devem ser sempre retirados do próprio paciente. Caso contrário, podem haver situações de rejeição intensa.

Qual a idade mínima para fazer transplante capilar?

Os sinais de calvície e a origem das falhas de cabelo podem variar de pessoa para pessoa. Com a avaliação médica é possível alinhar com o paciente o tempo ideal para fazer cada cirurgia, mas geralmente não se aconselha que um paciente faça uma cirurgia no início do processo de calvície. Tampouco se recomenda que se faça sessões repetidas num período inferior a um ano após o primeiro procedimento.

Entender a situação, controlar a queda e estabilizar o quadro é muito importante para decidir o melhor momento da cirurgia e fazer o transplante de forma satisfatória. Nos casos de trauma, cicatrizes, queimaduras e escalpelamentos, não há uma idade mínima para fazer as restaurações capilares.

Quais cuidados devo tomar e qual tempo de duração?

As cirurgias de transplante capilar podem variar de acordo com o volume dos fios e o tamanho da área a ser restaurada, as cirurgias costumam durar 7 horas em média.

Em diversos casos apenas uma sessão já será o suficiente para o transplante obter êxito em um transplante.

Mas existem outras opções, como a mega e giga sessões, o tempo e a quantidade de fios transplantados pode aumentar ou diminuir, varia bastante. No entanto, um profissional especializado consegue implantar mais ou menos 1000 folículos por hora de procedimento, ou seja, o processo é rápido para casos mais avançados.

O procedimento de implante capilar é ambulatorial, ou seja, o paciente é liberado no mesmo dia após a cirurgia e será necessário seguir alguns cuidados de higiene, indicados pelo médico, ao lavar, secar e expor ao sol os cabelos. A cicatrização pode durar até duas semanas e os efeitos do procedimento podem continuar ao longo de 12 meses.

Os exames pré-operatórios são bem tranquilos e no início a paciente precisa evitar o contato com mar, piscina, sauna e exposições do tipo, por conta da sensibilidade da região do transplante de cabelo feminino.

Os valores e resultados de um transplante capilar feminino variam?

É comum muita gente se deparar com diferenças exuberantes de valores de uma clínica para outra, por conta da experiência do cirurgião, da mão de obra especializada, a habilidade da equipe na hora de separar e modelar os folículos com os microscópios e a capacidade técnica de otimização do processo faz total diferença.

Por isso, clínicas que possuem centro cirúrgicos completamente equipados e que acompanham o procedimento de forma cuidadosa do início ao fim possuem custos mais altos. Mas podem ser considerados por mulheres que desejem resultados melhores no seu implante de cabelo.

Se parar para pensar, a paciente vai notar que pagar um preço maior em uma clínica de respeito pode trazer resultados melhores que feito em um lugar qualquer. Os benefícios e resultados obtidos no seu cabelo como toda certeza trará maior satisfação quanto ao seu transplante capilar.

Pedir informação

Puntuación
[Total: 1 Puntuación: 5]